exame de imagem ...001

Se você teve um episódio de queda, acidente ou trauma significatico sim pode ser necessário. No entanto, dores de início gradual no dia a dia ou prática de esportiva NÃO é necessário.

Os exames de imagem (radiografias, tomografias ou ressonâncias magnéticas) são COMPLEMENTARES e não devem ser tratados como pré requisito para iniciar a Fisioterapia. Eles apenas revelam como uma fotografia a condição do seu corpo parado/estático e não o comportamento dos seus sintomas frente a posturas e movimentos.

Além disso, eles também não são capazes de definir se você vai efetivamente melhorar ou não (Expectativa Prognóstiva). Eles não consideram duas coisas: 1) seu histórico de condição física (um fator a seu favor na recuperação) e 2) sua capacidade mental de enfrentamento de problemas (pessoas positivas, motivadas e que fazem acontecer na própria melhora tem uma chance muito mais alta de recuperação mesmo em condições complexas)

Se você começou com uma dor no ombro e no exame foi constatado degenerações e rupturas, saiba que esses achados podem estar presentes no seu outro ombro que está sem dores. Eles poderiam estar ali antes das dores começarem, ou seja, pode não ser a raíz do problema. É o que demonstrou o pesquisador Barreto em 2019.

Você sabia que na coluna cervical (pescoço) pode haver achados como hérnias na Ressonância, mesmo sem a pessoa sentir dor ? É o que demonstrou Nakashima em 2015 na revista SPINE. Se apareceu no seu exame saiba que você pode melhorar sem ter que fazer cirurgia.

Se você tem dor lombar, sem irradiação para pernas, com menos de 6 semanas, sabia que fazer uma RM pode mais de atrapalhar do que ajudar na recuperação ? Mesmo que você tenha acesso a plano de saúde, fazer um RM pode gerar em você medo diante dos achados no laudo e isso pode contribuir para evitação de movimento e persistência da dor. É o que demonstrou Webster em 2013 na revista SPINE. Sua melhora pode vir por meio de uma consulta com um clínico que te explique isso, que lhe motive, prescreva exercícios físicos e ofereça condições de você voltar a fazer o que deseja.

Nós da AVANCE focamos na busca da causa do problema e não tratar apenas a consequência. Não é o exame de imagem que define como tratar. A raíz do problema pode estar relacionado com posturas e movimentos avaliados na consulta. Faz parte da nossa metodologia de tratamento identificá-las, explicar para que você entenda e te dar soluções possíveis dentro da sua rotina.

Texto elaborado pelo fisioterapeuta André de Melo @andremelobh @avancefisio #brasilia